Orientações sobre prevenção de deficiências visuais e auditivas na infância

  • Francieli Crislaine Rodrigues
  • Talita Luciane de Moura
  • Marco Aurélio Tupinambá Viana Filho

Resumo





A compreensão de que muitas deficiências podem ser prevenidas é uma informação pouco vinculada para a população. De acordo com a Política Nacional de Saúde da Pessoa com Deficiência essa ação faz parte do processo de atendimento básico à saúde, porém esse conhecimento, muitas vezes, chega ao público já quando a deficiência está instalada na criança. Dessa forma, o objetivo desse trabalho foi elaborar e apresentar uma palestra informativa acerca da prevenção das deficiências visuais e auditivas a fim de levar informação a um grupo de pais. O método usado foi uma entrevista estruturada a partir de um questionário fechado, aplicado antes e depois da palestra. Observou-se que os pais não obtinham grande parte das informações acerca das ações preventivas e das causas dessas deficiências, entretanto a palestra se demonstrou educativa nesses quesitos e conseguiu atingir seus objetivos ao proporcionar a aquisição dessas informações, alcançando seu status de prevenção primária.





Publicado
Nov 6, 2018
##submission.howToCite##
RODRIGUES, Francieli Crislaine; DE MOURA, Talita Luciane; TUPINAMBÁ VIANA FILHO, Marco Aurélio. Orientações sobre prevenção de deficiências visuais e auditivas na infância. Estudos Interdisciplinares em Educação, [S.l.], v. 1, n. 4, nov. 2018. ISSN 2594-7567. Disponível em: <http://unifatea.com.br/seer3/index.php/EIE/article/view/934>. Acesso em: 25 abr. 2019.