Inovação e convergência midiática:

uma agência laboratório para experimentação em Jornalismo

Palavras-chave: Jornalismo, Convergência, Inovação, Agência-Laboratório, Comunicação

Resumo

Esse artigo tem como objetivo explicitar o início de uma experiência que é ao mesmo tempo de ensino-aprendizagem, mas também de administração de um curso de nível superior em jornalismo em uma região marcadamente à margem econômica e social. O gancho para essa experiência é o processo de criação de um laboratório de experimentação em narrativas inovadoras com mídias digitais, que também sirva como espaço de ensino-aprendizagem voltado à solução de problemas na forma de serviços e produtos. A reflexão que segue expõe a primeira fase da Agência-Laboratório de Práticas Inovadoras em Comunicação da Universidade Católica de Pernambuco (Unilab), e que pretende manter um relacionamento dinâmico e produtivo com outras formas institucionais – o ateliê, o estúdio de produção, a escola, a universidade, o museu, empresas –, sem entretanto submeter-se totalmente à lógica de funcionamento destas instâncias.

 

Biografia do Autor

Luiz Carlos Pinto da Costa Jr, Universidade Católica de Pernambuco

Luiz Carlos Pinto da Costa Júnior

Graduado em Jornalismo (1999), Mestre e Doutor em Sociologia pela UFPE na linha Mudança Social, professor do curso de Jornalismo e do Programa de Pós-Graduação em Indústrias Criativas da Universidade Católica de Pernambuco

Carla Patrícia Pacheco Teixeira, Universidade Católica de Pernambuco

Carla Patrícia Pacheco Teixeira

Graduada em Jornalismo, Mestre em Extensão Rural e Desenvolvimento Local (2007), Doutora em Design pela UFPE (2017), coordenadora do Curso de Jornalismo da Universidade Católica de Pernambuco (Unicap), professora dos cursos de Jornalismo e de Jogos Digitais da Unicap.

 

Publicado
2020-02-16
Seção
Artigos